Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Empresa reabriu unidade em Juruena e comunicou decisão ao governador Mauro Mendes 

Após oito anos fechado, o Frigorífico Juruena foi reaberto na cidade de mesmo nome, que fica a 896km de Cuiabá. A retomada das atividades, com a geração de 300 empregos diretos, foi comunicada ao governador Mauro Mendes, nesta manhã (26).
A informação foi trazida por Volnei Durli, um dos sócios da empresa, acompanhado do secretário de Indústria e Comércio, César Miranda, do chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e do secretário de Fazenda, Rogério Gallo.
“Reabrimos a planta. O frigorífico é mais uma alternativa para os pecuaristas da região”, destacou Durli.
O empresário também pontuou a necessidade de investimentos em infraestrutura na região, que possam garantir o escoamento da produção, principalmente via BR 174. Além da manutenção do trecho, para assegurar que o frete não inviabilize o empreendimento.
“Vamos buscar os órgãos competentes para dar a devida manutenção nessa estrada”, ressaltou o governador.
Mauro Mendes informou ao empresário que já deu início às tratativas com o Governo Federal para destravar as pendências relacionadas à obra de pavimentação da rodovia,  que é de competência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por ser uma das prioridades para o Estado.
Inclusive, na semana passada, a rodovia foi um dos assuntos tratados em reuniões com os ministros Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e Tarcísio Gomes de Freitas, de Infraestrutura, em Brasília.
Uma das pendências relacionada a essa obra é a realização do estudo de impacto ambiental, em razão do traçado da rodovia passar dentro de reserva indígena. O estudo será iniciado em março deste ano.
Investimentos
O grupo do frigorífico também tem mais uma planta em Mato Grosso, na cidade de Matupá, que também está na previsão para ser reaberto. Com 58 anos de existência, o grupo também tem investimentos na área de curtume no Estado, com uma unidade em Cuiabá.
A companhia também atua no Pará, Goiás, São Paulo, Tocantins e Rio Grande do Sul
 
Fonte: 
Secom-MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.