Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO



LEPTOSPIROSE



Alguns municípios da nossa região, Colniza e Brasnorte já vem sofrendo com esse problema de saúde pública desde do ano de 2018, sendo que Brasnorte teve um óbito confirmado laboratorialmente para Leptospirose, na ocasião tem um caso suspeito do município de Colniza ainda por Leptospirose em investigação neste ano de 2019.

A Vigilância em Saúde do município de Juruena vem ALERTAR a população quanto a tomada de medidas preventivas para que não sofrermos como os demais municípios.

A LEPTOSPIROSE E UMA DOENÇA INFECCIOSA BACTERIANA, EXTREMAMENTE GRAVE, CAUSADA PELA BACTÉRIA LEPTOSPIRA INTERROGANS. 

A bactéria Leptospira penetra ativamente por mucosas ou lesões da pele do paciente. Após a penetração no seu hospedeiro, ela espalha-se rapidamente pela via linfática e sanguínea.

Os principais órgãos afetados são os rins, fígado, cérebro e pulmões. O período de incubação da bactéria pode variar de 2 a 30 dias, mas a média é de 10 dias de intervalo entre a contaminação e o início dos sintomas da doença.

Grupos e fatores de risco:

Habitantes de região mais periféricas, quando a maioria das infecções ocorre através do contato com águas de chuvas e enchentes contaminadas pela urina dos roedores.


Ambientes com ineficácia ou inexistência de rede de esgoto e drenagem de águas pluviais.


Locais em que a coleta de lixo e inadequada.


Nadar em rios e lagos de água doce, caso estas estejam contaminadas.




Como prevenir a Leptospirose:

Pratique as medidas básicas de higiene.


Embale bem o lixo.


Ferva a água ou coloque algumas gotas de hipoclorito de sódio ou de água sanitária antes de beber ou cozinhar.


Lave bem os alimentos, especialmente frutas e verduras que serão consumidas cruas.


Vacine seu animal e mantenha rigorosamente limpas as vasilhas em que são servidos alimentos e água.


Não deixe as caixas d’água destampadas.


Use luvas e botas de borrachas se trabalhar em ambientes que possam ser reservatórios da bactéria da bactéria Leptospira.


Não se automedique se suspeitar de infecção pela bactéria da leptospirose, procure com urgência uma Unidade de saúde;


Usar proteção de botas e/ou luvas ou sacos plásticos se:


Fizer a limpeza de caixa de esgoto.


Manusear matérias de locais onde possam existir ratos como lixo, material de construção, entulho.


Tiver contato com regiões marginais de rios e lagos, como em pescarias.




Vigilância em Saúde/Vigilância Epidemiológica

Juruena

Telefones para contato: 66 3553 1367 ou 1593

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.