Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Associação Chapecoense de Futebol derrotou, há pouco, o Mixto Esporte Clube, por 2 a 1, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Com isso, garantiu a vaga para terceira fase da Copa do Brasil e faturou a premiação de R$ 1,45 milhão. Os gols saíram no segundo tempo. O time mato-grossense saiu na frente. William cabeceou e mandou para o fundo do gol. O Mixto vencia até os 43 minutos mas não conseguiu segurar a classificação. Perotti empatou para Chape. Ele antecipou, desviou de cabeça e a bola foi no canto do Vinicius: 1 a 1. A decisão iria para as penalidades. Mas o time catarinense manteve a pressão e, para a decepção da torcida mixtense, a zaga falhou novamente. Everaldo dominou e chutou no meio das pernas do goleiro do Mixto: 2 a 1.
Só Notícias acompanhou todos detalhes da partida em tempo real. Nos primeiros minutos de jogo, o Mixto colocou pressão e buscou resultado positivo em casa. Alan Junior forçou a defesa da Chape pelo lado esquerdo e acabou recebendo falta. Aos 13 minutos, Bruno levantou de fora da área, Everaldo cabeceou e deu trabalho para o goleiro Vinicius do Mixto. Aos 16 minutos, Dinelson não abriu o placar. Ele fez boa jogada, passou com facilidade pela defesa da Chape, bateu e João Ricardo teve que esticar para defender.
Aos 28 minutos, Campanharo e Lucas Coutinho batem cabeças na disputa pela bola. Campanharo sofreu corte e teve que colocar ‘toquinha’ para voltar a jogar. Aos 38 minutos, William do Mixto soltou uma bomba de fora da área, mas sem perigo. A bola passou longe do gol de João Ricardo. Aos 42 minutos, Everaldo tentou avançar sozinho no drible pela esquerda, mas perde o tempo da bola. Aos 43 minutos, Alan Júnior fez ‘corte’ no zagueiro da Chape e os torcedores vibraram na arquibancada. Fim do primeiro tempo, sem gols.
No segundo tempo, ambos os times voltaram sem alterações. Aos 6 minutos, Eduardo disputou a bola na área do Mixto e acabou cometendo falta em Rodrigo. Aos 10 minutos, Dinélson tentou tabela, mas acabou neutralizado pela defesa da Chape. Aos 14 minutos,  por pouco a Chape não abriu o placar. Lourency recebeu cruzamento, cabeceou e a bola tocou trave.
Aos 30 minutos, William abriu o placar para o Mixto. Ele antecipou Luiz Otávio, cabeceou e mandou para o fundo do gol. João Ricardo se esticou todo, mas a bola bateu no ângulo. Mixto 1 x 0. 42 minutos e mais pressão. Augusto levantou bola, mas zaga do Mixto cortou.
A torcida comemorava muito a vitória do Mixto mas não esperava pelo pior. A Chapecoense não se entregou e, em menos de 5 minutos, liquidou a partida. Aos 44, a defesa do Tigrão falhou e Perotti empatou para Chape: 1 a 1. O resultado levaria a decisão para as penalidades. A Chape cresceu mais e praticamente no último minuto de jogo chegou ao gol da vitória. Everaldo, que teve atuação discreta na partida, fez o gol da vitória em nova falha da zaga mixtense. Ele dominou e chutou no meio das pernas do goleiro Vinicius ‘matando’ o jogo: 2 a 1 e a Chapecoense está classificada.
O Mixto, agora, concentra suas atenções no Campeonato Mato-grossense Eletromóveis Martinello.


Redação Só Notícias (foto: reprodução)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.