Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


Durante investigações sobre tráfico de drogas e porte de arma de fogo em Aripuanã, a Polícia Judiciária Civil obteve informações de que um rapaz, conhecido por Talyson, estaria traficando drogas na cidade e no garimpo ilegal, e que andava em uma caminhonete Ford Ranger de cor preta.
Em posse das informações, a polícia fez acompanhamento e monitoramento do suspeito, o qual se achava hospedado em um quarto, nos fundos de uma distribuidora de bebidas, no bairro Cidade Baixa.
Por volta do meio dia da última terça-feira (5), um grupo de investigadores deslocou até o endereço, onde a proprietária do estabelecimento e das Kit Nets, autorizou a equipe policial a realizar buscas no quarto de Talyson.
Durante as buscas, que foram acompanhadas pela proprietária do estabelecimento, foi localizado sobre a geladeira, dentro de um vasilhame, um envóculo plástico contendo 38 petecas de substância análoga a cocaína.
Prosseguindo com as buscas, os investigadores encontraram na borda da janela que dá acesso a cozinha, 5 munições de Calibre .38 intactas. Ainda durante a revista, foi encontrada a quantia de R$ 390,00 em moeda corrente nacional.
Indagado sobre as substâncias entorpecentes, o suspeito já identificado como sendo Patrik Talyson Dantas dos Santos, de 25 anos, relatou que vendia os papelotes de drogas pelo valor de R$ 100,00 e que as munições eram para levar para o garimpo.
Segundo os policiais, Talyson alegou não possuir a documentação da caminhonete Ford Ranger, a qual foi apreendida para checagem. Diante dos fatos, o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante delito e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Aripuanã.
De acordo com o que foi apurado pela polícia, Patrik Talyson Dantas dos Santos, já responde na Justiça pelos crimes de receptação, assalto e corrupção de menores. Além disso, tem dois mandados de prisão preventiva em seu desfavor.

Fonte: TOPNEWS

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.