Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Terra indígena em Mato Grosso também foi prejudicada na região de Aripuanã 

 

O Pará continua como o estado com maior índice de desmatamento da Amazônia Legal em janeiro de 2019, de acordo com dados do Boletim do Desmatamento (SAD) do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).
O estado teve 37% do total desmatado em toda a Amazônia Legal neste mês, que registrou aumento de 54% do desmatamento em comparação com janeiro de 2018.
No total, a Amazônia Legal teve 108 km² desmatados, segundo o Imazon. Depois do Pará, os estados que tiveram os maiores índices foi o Mato Grosso, com 32%; Roraima, com 16%; Rondônia, com 8%; Amazonas, com 6% e Acre com 1%.
De acordo com o relatório, em janeiro de 2018 não houve detecção de degradação florestal. Já em 2019 foram detectados 11 km² de florestas degradadas, sendo 55% no Mato Grosso; 27% no Pará; 9% tanto no Amazonas quanto em Rondônia.
Em relação a terras indígenas, o Pará também lidera o ranking. A Terra Indígena Ituna/Itatá teve o maior índice de desmatamento, com 4 km², seguido da Aripuanã, que abrange Rondônia e Mato Grosso, com 1,5 km².

 

Fonte: 24 Horas News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.