Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT


Moradores do Vale do Arinos denunciam que desde o início do ano letivo dezenas de alunos não conseguiram sequer assistir um dia de aula.


Além da falta de ônibus, veículos não conseguem chegar ao assentamento por falta de estrada e pontes.
Pelo menos 57 alunos estão abandonados pela gestão do prefeito Carlos Amadeu (PSDB) no Assentamento P.A. Vale do Arinos, localizado no município de Juara (696 km de Cuiabá) e ainda não iniciaram o ano letivo, por falta de transporte escolar, estrada e professores.
Desde o início das aulas da rede municipal que, segundo o portal do Município, começou no dia 11 de fevereiro, os alunos ainda não conseguiram sequer chegar às escolas Santa Clara e Tancredo Neves, que ficam na região.
É tanto descaso da Prefeitura, segundo moradores do assentamento, que a situação já foi parar na Defensoria Pública, consequentemente no Ministério Público Estadual (MPE) e, mesmo assim, nada foi resolvido.

Uma moradora do Vale do Arinos, que preferiu não se identificar, contou à reportagem que a secretária Fernanda Alves dos Santos Ribas tem desculpa para tudo.
“É de ficar indignada porque esperamos tanto tempo. O promotor perguntou três vezes para ela (secretária) se tinha professores para os alunos, na frente do promotor, ela declarou que sim e depois não tinha mais”, disse a mulher.
Roberta Martins Carvalho, outra moradora da região rural, afirmou que a última data acordada junto ao MPE para que a Prefeitura colocasse os transportes escolares para funcionar venceu na segunda-feira (1º) e até o momento nada aconteceu.
Além dos ônibus, outro problema é a péssima situação da estrada que liga Juara ao Vale do Arinos. Atoleiros e pontes caídas impendem a chegada dos veículos.
“As mães foram ao Ministério Público e conseguiram definir a data para as aulas começarem, porém, não tinha transporte. Correram atrás e arrumaram o transporte, então era para começar terça-feira (02) e não começou. Marcaram para quarta-feira (03) e também não começou. E agora, o pessoal disse que não vai pôr os carros nessa estrada”, revelou Roberta.
Até o momento, quem faz a manutenção da estrada são apenas os assentados e quando tem ação do Poder Público os moradores precisam pagar.
“As pontes caem e eles [prefeito e secretário] só arrumam se os moradores derem óleo ou se arrumarmos as pontes. O prefeito [Carlos Amadeu] ninguém vê. Você cobra e não dá satisfação”, disse indignada.
“Tem um rapaz que estava trabalhando aqui para a gente, que quebrou o braço, por sorte tem a Beira Rio (estrada) que dá para passar, senão ele estava ilhado e teria que pagar um avião para vir buscar”, acrescentou.
Outro lado
O  procurou a Prefeitura de Juara para responder os motivos da falta de manutenção da estrada, transporte coletivo e professor. Por meio da assessoria de imprensa, a secretária municipal de Educação, Fernanda Ribas, disse que "existem três unidades escolares, sendo que na Escola Municipal Santa Clara, as aulas foram retomadas no dia 11 de março do corrente ano. Já nas Escolas Municipais Tancredo Neves e Renascer, as aulas não tiveram inicio pelo fato do processo licitatório para prestação de serviço de transporte escolar ter dado deserto, porém foi realizado um novo trâmite licitatório que foi concluído com sucesso na semana do dia 22 de março".
Porém, a nota não fala sobre as péssimas condições da estrada nem quando os ônibus devem começar a buscar os alunos. "As unidades estão prontas para receber os alunos: professores,merendeiras, merenda, transporte escolar, porém devido às fortes chuvas e alguns trechos com alagamentos está impossibilitando o deslocamento dos alunos as escolas. Para tanto informo que o interesse da Gestão Municipal é que as aulas sejam retomadas o mais breve possível, evitando maiores prejuízos aos alunos", conclui.
Veja nota:
Conforme informações fornecidas pela secretária municipal de Educação, Fernanda Ribas, na região do PA Vale do Arinos existem três unidades escolares, sendo que na Escola Municipal Santa Clara, as aulas foram retomadas no dia 11 de março do corrente ano. Já nas Escolas Municipais Tancredo Neves e Renascer, as aulas não tiveram inicio pelo fato do processo licitatório para prestação de serviço de transporte escolar ter dado deserto, porém foi realizado um novo trâmite licitatório que foi concluído com sucesso na semana do dia 22 de março. 
As unidades estão prontas para receber os alunos: professores,merendeiras, merenda, transporte escolar, porém devido às fortes chuvas e alguns trechos com alagamentos está impossibilitando o deslocamento dos alunos as escolas .
Para tanto informo que o interesse da Gestão Municipal é que as aulas sejam retomadas o mais breve possível, evitando maiores prejuízos aos alunos.
Diretoria de imprensa da prefeitura de Juara


Fonte:RepórterMT/Reprodução

 
 



Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.