Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

DOENTIO: Pai mata bebê por não aceitar fato de ela ter nascido menina
Um homem foi preso em fragrante por espancar um bebê até a morte. O crime ocorreu em São Lourenço da mata, em Recife, Pernambuco e, segundo o Conselho Tutelar da cidade, a mãe da vítima contou que o marido assassinou a filha por não aceitar o fato de a criança ter nascido menina. As informações são do G1.
Augusto Silva da Cruz, 23 anos, foi levado para a delegacia da cidade pelo crime de homicídio. A filha dele, Débora Maria Sales da Silva tinha 5 meses de idade. Ela já havia sido agredida em fevereiro deste ano.
“Agora não se pode nem nascer mulher”, declarou Ana Lúcia Soares ao G1. Ela acompanhou o caso pelo Conselho Tutelar de São Lourenço. “Por causa desse discurso de ódio, as pessoas acham que podem resolver tudo batendo, espancando e matando. É chocante”, completou.
Segundo Ana Lúcia, a mãe também era vítima de violência doméstica.
METRÓPOLES
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.