Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

As reformas da Previdência e o resultado que tiveram no plenário da Câmara


De FHC a Temer, saiba quais foram e como tramitaram as propostas de reforma da Previdência no país.
Fernando Henrique Cardoso  - PSDB (1995-2002) 
Fernando Henrique Cardoso acena para populares no Rolls-Royce presidencial durante sua posse como presidente da República, em Brasília (DF).
Fernando Henrique Cardoso acena para populares no Rolls-Royce presidencial durante sua posse como presidente da República, em Brasília (DF). - Ormuzd Alves-01.jan.1995/Folhapress
 Contexto
  • Tucano apresentou sua PEC (proposta de emenda à Constituição) em 1995, mas ela teve tramitação arrastada e foi sendo esvaziada.
  • Em 1998 o país deixou de implementar a idade mínima por 1 voto. Foram 307 votos.
Placares  
  • Texto-base da PEC foi rejeitado na primeira votação, em março de 1996
A favor 294 (era preciso ao menos 308 votos)
Contra 190
Abstenção 8
  • Novo texto governista, com mais concessões, foi a voto em primeiro turno no mesmo mês
A favor 351
Contra 139
Abstenção 2
  • O texto foi ao Senado e, alterado, voltou para a Câmara, tendo nova votação do texto-base em primeiro turno em fevereiro de 1998
A favor 346
Contra 151
Abstenção 3

 
LULA - PT (2003-2010)
Presidente Lula, com a faixa presidencial, ao lado do presidente Fernando Henrique Cardoso - Moacyr Lopes-01.jan.2003 Junior-Folhapress
Contexto 
  • Apresentada em 2003, tinha como alvo o funcionalismo público e foi o estopim para a dissidência do PT que resultou na criação do PSOL
Placar
  • Votação do texto-base em primeiro turno ocorreu em 5 de agosto de 2003
A favor 358
Contra 126
Abstenção 9

 
DILMA ROUSSEFF - PT (2011-2016)
Posse de Dilma Rousseff, 201. - France Presse-01.jan.2011/AFP
 Contexto 
  • Em 2012 a petista regulamentou, por lei aprovada pelo Congresso, o fundo de previdência complementar para os servidores civis da União, o que aplicava o limite de aposentadoria do INSS aos novos servidores
MICHEL TEMER - MDB (2016-2018)
O ex-presidente Michel Temer - Pedro Ladeira-05.out.2016/Folhapress
 Contexto 
  • O emedebista tentou aprovar uma medida bem mais robusta que as anteriores, uma PEC com previsão de economia de R$ 800 bilhões em dez anos. O escândalo da JBS, porém, minou as já complicadas articulações palacianas, e a medida foi engavetada
Placar
  • não houve votação no plenário
Fonte: Folha de S. Paulo
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.