Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A proposta pretende federalizar trechos das rodovias 246, 343, 358, 364 e 170

...
Fotografo:  Da Assessoria   Deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT)
 

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) apresentou projeto de lei 3371/2019 para a federalização de 708 km de rodovias estaduais que ligam o eixo Jangada-Castanheira, passando por Tangará da Serra. São cinco rodovias estaduais responsáveis por conectar do Médio Norte ao Noroeste de Mato Grosso, com objetivo de fazer justiça a atual realidade socioeconômica da região.
 
“E parte desse traçado já estava previsto com entroncamento da BR-364. Sabemos que o Governo Federal possui mais recursos para investir na construção e manutenção de rodovias e isso impacta diretamente no chamado ‘custo Brasil’.  Conseguir federalizar essas rodovias seria garantir um salto econômico para a região” afirmou Dr. Leonardo.
 
A proposta pretende federalizar trechos das rodovias 246, 343, 358, 364 e 170, passando por Barra do Bugres,  Assari, Nova Olímpia, Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis, Brasnorte, Juína e Castanheira, transformando em BR-364. O trecho de Itanorte até entroncamento com a MT170/BR-364, inclusive, já está previsto no traçado da BR-364.
 
“Essa foi uma reivindicação que chegou até nós através do suplente de deputado federal Vander Masson, de Tangará da Serra, com quem estamos trabalhando junto para acelerar o desenvolvimento do Médio Norte. Estamos conectados com os anseios que vem da base para buscar as mudanças necessárias para gerar mais emprego e renda à população”, concluiu o parlamentar Dr. Leonardo.

Fonte:Assessoria 
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.