Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

ReproduçãoA polícia militar de Juruena foi acionada para atender a uma mulher que se encontrava desesperada nas proximidades de um sítio em uma linha rural do município, onde uma mulher por nome de M.C.M, de 37 anos, que relatou a guarnição polícial que havia conhecido um rapaz pela internet por nome de Jucelino Pereira da Cunha, que prometeu serviço de cozinheira em uma fazenda para a mesma.
 
A senhora M.C.M que veio da cidade de Buritis no estado de Rondônia, relatou aos policiais que ao desembarcar na rodoviária na tarde do último dia 27, foi recebida por um rapaz em uma moto Titan de cor vermelha, que se identificou como o responsável de leva-la a tal fazenda, porém ao chegar em uma mata afastada da cidade, haviam duas mulheres a sua espera, onde começaram a agredi-la, ameaçar de morte e cortaram o cabelo da vítima com faca, e toda ação era filmada pelo tal rapaz que havia pegado a vítima na rodoviária.
 
Depois de agredir covardemente, os suspeitos fugiram do local e deixaram a vítima sozinha que conseguiu sair e pedir ajuda.
 
De posse das características dos suspeitos, a polícia militar efetuou rondas com apoio da polícia civil na gleba Somapar, encontrando uma das mulheres que havia praticado a agressão, Claudiane Maria Pereira de 36 anos que acompanhou os policiais e relatou que havia participado do ato juntamente com Lucéia Ribeiro e seu irmão que filmou as agressões Danlei Ribeiro Lopes de 23 anos, que no momento não estavam na residência, comparecendo logo após compareceram até o posto da polícia militar da cidade de Juruena onde foi lavrado um boletim de ocorrências e encaminhado junto com os suspeitos para à delegacia de polícia daquela cidade, onde chegaram  a ser presos, porém como já não estavam mais sob o período de flagrante, foram soltos e irão responder ao crime em liberdade.

Fonte: JuinaNews
Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.