Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Um caminhoneiro de 38 anos morreu por volta das 14h desta segunda-feira, dia 28, no centro cirúrgico de um hospital particular da cidade de Juína, no Mato Grosso. Ele foi vítima de uma tentativa de homicídio no pátio de uma madeireira no setor Industrial na manhã de hoje.
A polícia apurou que o suspeito teve um desentendimento com a vítima, Dayvid Paulino de Moraes, pela manhã de hoje, e os motivos foram devido ao trabalho, onde o suspeito que é ‘chapeiro’ estava carregando madeiras no caminhão.
A própria vítima teria passado pela avenida JK e contratou o chapeiro para carregar o caminhão com madeiras, no entanto, o suspeito teria ingerido bebida alcoólica.
A motivação do crime a princípio foi fútil, segundo as primeiras investigações, o caminhoneiro chamou a atenção do rapaz porque a madeira estava encostando na carroceira do caminhão, o rapaz não gostou e disse que iria até a sua casa, mas que voltaria para conversar com Dayvid que não si importou com as ameaças. Mais tarde, o suspeito de posse de uma arma de fogo retornou e efetuou vários disparos contra a vítima que estava na carroceria do caminhão sendo que um dos tiros atingiu o abdômen.
A vítima foi socorrida por um amigo que presenciou o crime, ele foi levado para a UPA e depois para um hospital particular.
O suspeito de atirar contra o caminhoneiro fugiu numa motocicleta Factor de cor vermelha.
A polícia civil e Perícia oficial foram acionadas para o exame de local de crime.
O motorista é morador da cidade de Cuiabá.
Com a autoria identificada, a polícia civil realiza diligencias para prender o acusado do crime.
O corpo de Dayvid foi levado para o IML, e passará por exame de necropsia.
Fonte: Juina News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.