Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Presidente bate o martelo e parte para fundação do Aliança pelo Brasil. Projeto prevê assinaturas eletrônicas para disputar Eleições 2020


O presidente Jair Bolsonaro anunciou a saída do PSL
(Partido Social Liberal), com isso ele se torna o primeiro presidente no exercício do mandato sem legenda desde a redemocratização.  As informações de que deixaria o partido nesta terça-feira (12) já circulam desde ontem em Brasília, quando ele marcou uma reunião com parte da bancada da Câmara, no Palácio do Planalto, para discutir o tema. 

O presidente planeja fundar outro partido, o Aliança pelo Brasil, conforme antecipou o R7 Planalto. A ideia é conseguir validar assinaturas eletrônicas que permitam a fundação da legenda até março do ano que vem, a tempo de disputar as Eleições municipais. 

Além do presidente, o novo partido irá abrigar os filhos e aliados. Bolsonaro está rompido com o presidente do PSL, Luciano Bivar, e com parte da bancada, incluindo a deputada Joice Hasselmann (SP). 



Bolsonaro se filiou ao PSL, partido fundado por Bivar ainda na década de 90, em 7 de março de 2018 para disputar as eleições presidenciais. A presença dele fez do partido nanico o segundo com mais cadeiras da Câmara, atrás apenas do PT (Partido dos Trabalhadores). A saída de Bolsonaro deve causar uma debandada no PSL, que pode se fundir com outra legenda alterando a dinâmica de forças dentro do Congresso Nacional. 

Em duas décadas de carreira política, Bolsonaro passou por oito partidos: PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC e PSL. 

Fonte: R7 PLANALTO
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.