Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O Clube de Regatas do Flamengo entrou na briga para contratar o atacante Michael, de 23 anos, nascido em Poxoréu (260 quilômetros de Cuiabá). O time carioca ofereceu cerca de 7,5 milhões de Euros (R$ 34,05 milhões na cotação do dia) por 80% dos direitos do atleta, sendo que 75% pertencem ao Esmeraldino e 5% ao Goianésia. O valor seria parcelado em três vezes de R$ 11,3 milhões, com vencimentos semestrais.
A proposta do rubro negra é maior que a do Corinthians (SP), que havia ofertado 5 milhões de Euros, cerca de R$ 22,6 milhões, por 50% dos direitos econômicos de Michael. O valor não atraiu a diretoria do Esmeraldino e as negociações não avançaram.
Diante da proposta do Flamengo, representantes do Goiás Esporte Clube viajaram, hoje, ao Rio de Janeiro para se reunirem com a diretoria do Urubu. A ‘Coluna do Fla’ (veículo de comunicação ligado ao clube) já dá a transação como praticamente concretizada entre as partes, faltando apenas “ajustar os últimos detalhes”. O acordo deve ser selado e anunciado oficialmente até sexta-feira.
Já sobre o salário, atacante e diretoria rubro negra teriam acertado vencimentos fixados em R$ 400 mil mensais. No entanto ainda não há informações sobre a duração do vínculo contratual.
Caso a negociação se concretize, Michael será mais uma peça do “elenco de ouro” do Flamengo. Apesar do brilhantismo na temporada passada, o atacante terá que brigar por vaga no time titular e ainda há possibilidade dele ser um “reserva do luxo” do Mengão, já que o setor ofensivo do time é composto por nomes como Gabriel Barbosa (Gabigol), Bruno Henrique, Arrascaeta, Éverton Ribeiro, entre outros.
Ainda há a chegada, por empréstimo, de Pedro Rocha, que acumula passagens pelo Grêmio e Spartak Moscou da Rússia (equipe detentora dos direitos do atleta). Em 2019, ele integrou o elenco do Cruzeiro, na campanha de rebaixamento do clube mineiro à série B do Campeonato Brasileiro.
Conforme Só Notícias já informou, em 2019 Michael foi um dos destaques do futebol no cenário nacional e foi eleito pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a revelação do Campeonato Brasileiro.
Antes de chegar ao Goiás, o jovem se envolveu com drogas em Mato Grosso. Durante entrevistas, constantemente o atleta lembra da época em que cometia delitos, afirmando ainda que tentaram o matar por seis vezes em decorrência do envolvimento com entorpecentes. O jovem ainda destaca que o futebol o salvou e foi a porta de saída das drogas.
Fonte: Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.