Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Pecuaristas seguiram retraídos esperando melhores ofertas de preços, na última semana, no Estado. Mesmo assim, a cotação do boi e da vaca gorda registraram leves quedas no comparativo semanal, de 0,59% e 1,95%, respectivamente, informou, ontem à tarde, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no segundo boletim do mês da pecuária.

“O mercado de reposição segue em relativa estabilidade, com recriadores comedidos nas compras.Assim, o bezerro de ano na semana passada ficou cotado a R$ 1.570,14/cabeça, queda de apenas 0,16% no comparativo semanal”. As escalas de abates também variaram pouco em relação à semana passada, apenas +0,40 dia, fechando em 7,06 dias. Os frigoríficos ainda relatam dificuldade de encontrar animais para abate.

O instituto  aponta que, com o varejo ainda com estoques preenchidos, os preços no atacado seguem em queda. Com isso, o equivalente físico na semana passada caiu -3,47%.

Na última sexta-feira, o preço da arroba do boi gordo no Nortão estava em R$ 164,80. Na região Noroeste, R$ 174,48, no Médio Norte a R$ 170,86 e na região Sudeste de Mato Grosso a cotação era R$ 178,22.

Só Notícias/Agronotícias (foto: arquivo/assessoria)

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.