Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Tchélo Figueiredo - Secom/MTTchélo Figueiredo - Secom/MT
O governador Mauro Mendes (DEM) ironizou o desafio proposto pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de zerar os impostos federais sobre os combustíveis se os chefes dos Executivos zerassem o ICMS, durante a sessão desta quinta-feira (06).
Mendes fez uma brincadeira e comparou a ideia do presidente como “corta a sua perna, que eu corto o meu dedinho”.
Ele explicou que o ICMS sobre os combustíveis representa 25% da receita do Estado. Já os tributos federais, PIS e COFINS, representam apenas 2% da receita do governo federal. 
Fonte: Repórter MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.