Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Os dados são da Confederação Nacional dos Municípios (CNM); de acordo com o relatório, em 11 municípios do Estado, a situação é considerada grave
Em Mato Grosso, 82,22% dos 141 municípios enfrentam problemas relacionados ao consumo do crack e em 11 a situação é mais grave, conforme relatório do Observatório do Crack, da Confederação Nacional de Municípios (CNM). 
A área mais afetada pelo uso da droga é a segurança pública, que tem 73,3% das ações relacionadas ao crack. A assistência social também é afetada em 73,3% de suas programações, seguida pela saúde, que tem 68,89% das ações dedicadas a esse público.
No Brasil 85,4% dos municípios enfrentam problemas relacionados ao uso de crack. No estado, a situação é considerada mais grave - de acordo com questionário respondido pelos gestores - em 11 prefeituras.
Fazem parte do alerta Guarantã do Norte, União do Sul, Sorriso, Tapurah, Campo Novo do Parecis, Salto do Céu, Mirassol D'Oeste, Porto Esperidião, Jaciara, Rondonópolis e Alto Taquari. 
A principal ação de enfrentamento ao problema são as campanhas de mobilização e orientação, que são realizas em 13,1% dos municípios. Já estudos e pesquisas sobre o tema são estratégia em apenas 8% das gestões.
Em relação à rede de assistência, em 88,9% os usuários podem recorrer a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e em 84,4% das cidades o Conselho Tutelar é o órgão mais próximo para o auxílio.
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.