Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Em Mato Grosso, 380.953 eleitores estão com o título cancelado e, portanto, estão impedidos de exercer diversos direitos civis e, ainda, podem ter o CPF suspenso.
Esse eleitorado tem até o dia 06 de maio para procurar a unidade de atendimento da Justiça Eleitoral instalada em seu município e regularizar. Dos eleitores mato-grossenses que estão com os títulos cancelados, 100.507 são de Cuiabá e 45.805 são de Várzea Grande. 
Os quase 381 mil eleitores em situação irregular perante à Justiça Eleitoral não poderão votar na eleição suplementar para um cargo de senador e suplentes, que ocorrerá no dia 26 de abril. Isso porque para esse pleito, em específico, o prazo para regularizar terminou no dia 21 de fevereiro e os dados constantes no cadastro eleitoral foram extraídos para serem inseridos nas urnas eletrônicas e utilizados nos cadernos de votação. 
“Esse eleitorado não votará na eleição suplementar, mas pode e deve votar na municipal, que ocorrerá em outubro deste ano. Neste caso, o prazo para regularizar termina no dia 06 de maio. Faltam quase nove semanas e, embora tenhamos esse prazo significativo, orientamos que o eleitor regularize a situação com a maior brevidade possível. Quem busca a Justiça Eleitoral com antecedência é atendido com agilidade e comodidade. Quem deixa para os últimos dias, enfrenta filas extensas e precisa aguardar horas para ser atendido”, ressaltou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Gilberto Giraldelli.
Fonte: Andréa Martins Oliveira/Assessoria
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.