Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Juína NewsEm continuidade a uma operação de combate a criminalidade no município de Juruena (a 886 km de Cuiabá), equipes da polícia civil e militar integradas, prenderam dois homens com armas de fogo, munições, dinheiro, joias e celulares.
 
Na operação foi preso preventivamente em Juruena, Vanilson Nunes de Souza e duas pessoas presas por porte de arma ilegal, associação criminosa e tentativa de homicídio, identificadas como David Adair Prado Martucci e Sanderval Fonseca da Rocha.
 
Um dos criminosos que era alvo da operação, conseguiu escapar da polícia e fugir para o município de Juína, onde na tarde desta quinta-feira (06), investigadores da polícia civil e policiais militares receberam informações de que o foragido da justiça, suspeito de praticar um homicídio na cidade de Água Boa e de um roubo na cidade de Nova Monte Verde estaria em uma residência. 
 
Com as informações do local, foi feito monitoramento da residência onde o suspeito estava e obtiveram êxito em cumprir o mandado de prisão dele que estava escondido dentro do guarda roupas.
 
Em buscas na casa foram encontradas 3 armas de fogo, sendo 1 submetralhadora 9mm, 1 pistola 9mm e 1 pistola calibre 22, que foram apreendidas pela polícia.
 
O suspeito, Rafael Leite Batista, além de estar com mandado de prisão em aberto, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e encaminhado a Delegacia de Polícia Judiciária Civil e posteriormente estará a disposição do poder judiciário.
 
Segundo o delegado de polícia, Romildo Nogueira da Fonseca Junior,  que responde por Juruena, o suspeito é um bandido muito perigoso, que possui um histórico de crimes, inclusive é suspeito dos últimos 3 homicídios registrados no município de Juruena neste ano. 
 
“Ele é suspeito de um homicídio e de um crime de roubo na cidade de nova monte verde, onde foi condenado a 21 anos de prisão e estava foragido da justiça e também é suspeito de praticar outros crimes de homicídio. ”
 
A Polícia Civil continua no combate a criminalidade no município de Juína, principalmente as pessoas que fazem parte de facções.
 
“Esse suspeito demonstra alta periculosidade por portar essas armas de fogo e com a integração das polícias foi possível lograr êxito em prender esse criminoso e também descobrir outros crimes.  Contamos com o apoio da população com as denúncias”, finalizou.
 
A polícia civil  também apurou que os 3 kg de droga apreendida nesta quarta-feira na rodoviária de Juína pertence aos criminosos presos nesta operação.
 
Toda ação teve um papel importante do serviço de inteligência das polícias civil e militar.
 
Os delegados de polícia Doutor Marco Bortolotto Remuzzi e Carlos Francisco, delegados títular e regional, presidiram os inquéritos policiais.
 
Whatsapp da polícia civil de Juína para receber denúncia é 66 9 9931 6975.

 Fonte: Juina News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.