Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

China e os frigoríficos têm dado sinais de novos negócios de carne bovina

A compras chinesas além da formação de estoques? Curto prazo sustenta preços.

Porém à pergunta sobre se o fluxo é sólido e pode perdurar, ou se é uma necessidade momentânea, até que os estoques estratégicos voltem próximo à normalidade, é a reposta que “quem souber vale milhões”.
À analogia do consultor Rodrigo Albuquerque, do Notícias do Front, se estende a dúvida que o mercado está vivendo.
É preciso lembrar que a epidemia da covid-19 na China amainou e algumas regiões começaram a ser liberadas, mas a aceleração da economia depende muito das exportações. E o mundo não tem dado sinais positivos, inclusive como admitiu Pequim em informe despachado pelas agências de notícias.
Chegar perto das quase 100 mil toneladas mensais que os chineses compravam do Brasil no último trimestre de 2019 já se sabe que não se repetirá, avalia Gustavo Resende Machado, da Agrifatto. Mas qual poderá ser o teto? Em que prazo?
“Isso é algo que vai precisar se confirmar. Por enquanto, as indicações são de China voltando”, diz.
Mas para Albuquerque, os cenários que estão colocados podem ser aproveitados pelo mercado: “Minha função como analista não é acertar preço. É ganhar dinheiro, independente dele”.

Curto prazo nas praças

Os preços estão mais firmes com a reentrada chinesa, apesar da fragilidade do mercado interno. Os frigoríficos estão cauteloso, tanto quanto os produtores, mais ainda, de acordo com o analista da Agrifatto, que a oferta ainda não está alargada e quem tem gado pronto tem capacidade de reter pelas pastagens boas.
 
Não seria momento de explosão, menos de viés de queda. R$ 200,00 ou R$ 200,00 e pouco em São Paulo é a média de balcão.
As escalas estão curtas.
No Mato Grosso houve uma melhora de R$ 8,00 a @ na região de Alta Floresta, segundo Walmir Coco, presidente do Sindicato Rural. Boi a R$ 173,00 e vaca R$ 163,00, no JBS de Colider. As escalas nessa região Norte do estado vão para dia 13, uma das mais folgadas do País.
O volume disponível de gado ainda é restrito.
Fonte: www.moneytimes.com.br

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.