Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Suspeito foi abordado por policiais militares no Distrito de Guariba onde acabou preso juntamente com uma mulher.

Policiais Militares do município de Colniza em Mato Grosso com o apoio do Serviço de Inteligência do GEFRON realizaram a prisão de um casal na noite de sábado (28) no Distrito de Guariba.
Emerson Ferreira e a esposa de iniciais C.D.S estavam em um veículo Fiat palio de placas QBT-2796 quando foram abordados.
O carro tem registro de roubo do dia 18 de março no município de Nobres – MT.
Durante abordagem os policiais apuraram que o suspeito tinha ainda um mandado de prisão em seu desfavor, ele foi preso juntamente com a mulher.
O site JNMT apurou que existem informações de que Emerson Ferreira seria suspeito de participar de um homicídio no estado do Paraná na cidade de Ponta Grossa, onde ele juntamente com outro suspeito Márcio Rodrigues e possivelmente com a ex-mulher da vítima teriam assassinado o professor Lucas Ferreira de Oliveira, de 39 anos em dezembro do ano passado na região de Campos Gerais do Paraná.
Lucas que morava em São Paulo foi até a cidade paranaense para visitar o filho que   tinha na  época 5 anos, porém, não retornou mais para cidade onde morava. 
O homem ficou desaparecido por sete dias e foi encontrado morto em uma mata no  dia 22 de  dezembro. A ex-mulher, Patrícia chegou a ser presa.
Um dos suspeitos de ter participado da morte do professor seria namorado de  Patrícia.
A polícia continua investigando o paradeiro de Márcio Rodrigues que até o  fechamento  dessa  matéria era incerto.
Qualquer informação que leve ao paradeiro do suspeito Márcio Rodrigues podem ser informadas nso telefones 190 da PM ou 197 da PC.
Fonte: Cleber Batista JNMT

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.