Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

PJC-MT
PJC-MT
Um homem suspeito da tentativa de feminicídio contra a ex-esposa teve o mandado de prisão preventiva cumprido nesta quarta-feira (20.05), em Cuiabá. O homem de 49 anos se apresentou em uma delegacia da Capital, acompanhado de advogado, e depois foi encaminhado à Gerência Estadual de Polinter e Capturas para formalização do cumprimento do mandado de prisão.
O crime ocorreu no início deste mês, em Cotriguaçu (950 km ao noroeste de Cuiabá). A Polícia Civil, após empenho da equipe de investigadores do município, que conseguiu reunir elementos probatórios sobre o crime, representou pelo pedido de prisão do suspeito, deferido pelo Poder Judiciário.
No dia 10 de maio, a Polícia Militar em Cotriguaçu foi acionada para atender uma ocorrência em uma residência no bairro Planalto 1. Uma testemunha prestou socorro à vítima e informou aos policiais que entrou em luta corporal com o suspeito na tentativa de proteger a mulher.
Conforme a investigação, o suspeito arrombou a porta da residência. Temendo por sua vida, a mulher buscou socorro pelo telefone. Depois de entrar na casa, o homem pegou a vítima pelo pescoço, fez ameaça e deu um golpe de canivete no pescoço dela.  Na tentativa de se desvencilhar do agressor, a mulher teve lesões na mão e um dos braços. Ela foi socorrida por um vizinho, que acionou o serviço médico de urgência (Samu), que a conduziu a uma unidade hospitalar.
Policiais realizaram diligências, mas o suspeito, que trabalhava em um comércio da cidade, não foi localizado.  
Após instaurar inquérito para apurar o crime ocorrido, o delegado de Polícia, Romildo Nogueira Fonseca Junior, representou pela prisão, cujo mandado foi deferido pela justiça local.  
Na investigação, a Polícia Civil apurou que o suspeito já tinha tentando invadir a casa da vítima em outras ocasiões.
Fonte: PJC-MT

Marcadores: , ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.