Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada do Meio Ambiente, integra a Operação Verde Brasil 2, deflagrada nesta semana pelo Governo Federal para reprimir crimes ambientais na Amazônia Legal. A operação começou na segunda-feira (11.05) pelo município de Nova Ubiratã (509 km ao norte de Cuiabá), onde fica a Estação Ecológica Estadual da região do Rio Ronuro. Uma carga de madeira ilegal de 3 mil metros cúbicos de madeira foi apreendida.

A operação, coordenada pelo Ministério da Defesa, tem a participação de profissionais de órgãos estaduais como Instituto de Defesa Agropecuária, Politec, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e policiais civis, além do Ibama e Exército Brasileiro.O delegado Marcelo Muniz, da Dema, explica que a operação é uma cooperação interagências, que atuam para reprimir e coibir crimes ambientais e atividades ilegais, especialmente em área de proteção. “Uma ação integrada, dentro da atribuição de cada uma das instituições, para que possamos chegar à redução de crimes ambientais. A Dema tem equipe atuando na apuração dos ilícitos ambientais, identificação e posteriormente, chegar à responsabilização criminal dos autores”, informou o delegado.

De acordo com o Ministério da Defesa, a 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, que sedia o Comando Conjunto Barão de Melgaço, estabeleceu base no município de Sorriso, em apoio às ações dos órgãos atuantes na operação no município de Nova Ubiratã. O Comando de Operações Aeroespeciais, sediado em Brasília, também atua na Operação Verde Brasil 2 coordenando atividade aérea dos voos de mobilização.Verde Brasil 2
A operação é coordenada pela Vice-Presidência da República em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão deflagrada pelo Governo Federal visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal. A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020, e tem validade para o período de 11 de maio a 10 de junho deste ano.

A Amazônia Legal é formada pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, e parte do Maranhão. São 5 milhões de quilômetros quadrados, ou 59% de todo o território nacional, todos pertencentes à Bacia Amazônica e à área de ocorrência das vegetações amazônicasAs ações ocorrem na faixa de fronteira, terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais.
Fonte:Assessoria/Polícia Civil-MT
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.