Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

MT- Homem é torturado por membros de facção e obrigado a beber água sanitária
Um homem foi torturado por 12 horas por membros de facção criminosa e obrigado a beber água sanitária. Além disso, os investigadores encontraram a vítima com pés e mãos amarrados. O caso ocorreu na madrugada de segunda (1º), em Primavera do Leste, (239 km de Cuiabá), porém, foi divulgado só na terça (2).
Segundo o rapaz, além de ser espancado, foi obrigado a beber água sanitária. A polícia não divulgou o bairro onde ele foi encontrado porque as investigações continuam. As sessões de tortura começaram numa casa, depois que a vítima supostamente teria assediado uma mulher. As investigações apontam que ela teria chamado seis criminosos para que o torturassem.
As agressões começaram na casa e depois seguiram num terreno baldio até que polícia chegasse. Dois homens foram presos e um adolescente foi apreendido. Ele era o mais violento, de acordo com a polícia.
Diante do relato da vítima no registro do Boletim de Ocorrência, a Polícia Civil conseguiu identificar os suspeitos, que foram localizados e encaminhados para delegacia, onde ali, foram e autuados em flagrante.
Segundo o BO, a Polícia Civil flagrou diversos homens saindo do endereço pulando muros para residência dos fundos, mas não tiveram êxito na contenção dos indivíduos. Em seguida, os policiais pediram à proprietária  entrar na casa. Os policiais encontraram um buraco no meio do quintal, onde havia alguém se mexendo coberto por uma toalha de mesa.
Logo em seguida foi constatado que a vítima foi jogada no buraco de barriga para baixo, e se encontrava com os pés e mão amarradas, com o rosto machucado e vários hematomas.
O SAMU foi acionado e conduziu a vítima para a Unidade de Saúde.
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.