Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Em quatro dias, 13 respiradores mecânicos foram recuperados pela equipe técnica do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Departamento Regional de Mato Grosso (Senai), unidade Várzea Grande, e estão liberados para a utilização na rede pública hospitalar do Estado no tratamento de pacientes acometidos pelo novo Coronavírus (Covid-19). A ação é fruto da parceria com o Tribunal de Contas do Estado, que prevê a recuperação de 87 respiradores sem condições de uso.
De segunda-feira até ontem, os respiradores receberam manutenção e estão liberados para utilização na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, Hospital Geral, Hospital Metropolitano e os Hospitais Regional de Alta Floresta, Cáceres, Sorriso e Sinop. Dos 118 respiradores recebidos para avaliação e manutenção, 28 foram arrumados e entregues para as unidades hospitalares, 7 aguardam peças, totalizando 35 respiradores recuperados.
A manutenção dos respiradores é fruto do acordo técnico-financeiro-emergencial assinado entre TCE e Senai, no mês passado. O termo prevê suporte financeiro da Corte de Contas no montante de R$ 500 mil para aquisição de peças e outros materiais necessários para o reparo dos respiradores.
“Sabemos da importância desses respiradores para as unidades hospitalares no combate à Covid-19. O convênio entre TCE e Senai foi altamente positivo e os respiradores, que hoje estão sendo devolvidos para a sociedade, vão salvar vidas”, afirmou o presidente do TCE, conselheiro Guilherme Antonio Maluf.
De acordo com o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira a parceria foi muito importante porque viabilizou a manutenção e recuperação dos respiradores, algo que a equipe do Senai tem capacidade técnica para fazer.
Redação Só Notícias (foto: assessoria)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.