Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Iniciativa pioneira promete transformar a relação das pessoas com as transações financeiras no Brasil

Já imaginou transferir e receber valores monetários por WhatsApp com a mesma facilidade, segurança e agilidade com as quais você envia e recebe fotos? Essa é a mais nova funcionalidade que os associados do Sicredi terão com o lançamento da solução desenvolvida pelo Facebook Pay no Brasil.

O recurso integrará a nova versão do aplicativo de mensagens instantâneas que será gradualmente disponibilizada para atualização nas plataformas a partir desta segunda-feira, 15 de junho. A novidade promete mudar a cultura de pagamentos no Brasil e o Sicredi é a primeira instituição financeira cooperativa a fechar parceria com o Facebook Pay e disponibilizar a solução. Além disso, vem para trazer mais conveniência, praticidade e rapidez aos associados da instituição na realização de pagamentos, cobranças e recebimentos.


As transações entre pessoas físicas pelo WhatsApp serão instantâneas, sem tarifas e limitadas a R$ 1 mil por operação, até um total de R$ 5 mil mensais, por meio de qualquer cartão de débito ou crédito do portfólio do Sicredi cadastrado. Transações envolvendo estabelecimentos comerciais poderão ser feitas também pela modalidade crédito do cartão, somente via WhatsApp Business por parte dos recebedores – neste caso, uma tarifa fixa de 3,99% será aplicada a cada pagamento recebido.

Para usar o recurso, os associados do Sicredi deverão fazer o cadastro de seus cartões na área de pagamentos do WhatsApp. O processo envolve a criação de senhas e registro de biometria, o que confere segurança às operações. As transferências poderão ser feitas em poucos cliques: 1) escolha do contato beneficiário, 2) seleção da opção “Pagamento”, 3) inserção do valor, 4) confirmação do valor e 5) Confirmação de senha.

“Estamos muito empolgados para trazer pagamentos no WhatsApp para nossos usuários em todo o Brasil. Facilitar o envio e o recebimento de dinheiro não poderia ser mais importante do que em um momento como este”, declara Matt Idema, diretor de operações do WhatsApp. “As pequenas empresas são a espinha dorsal do país. A capacidade de realizar vendas com facilidade no WhatsApp ajudará os empresários a se adaptarem à economia digital, apoiar o crescimento e a recuperação financeira”, finaliza.

Além da agilidade e simplicidade do processo, com a possibilidade de se confirmar pagamentos pelo próprio chat, os usuários terão acesso ao histórico de transferências no próprio aplicativo.

“A novidade segue o nosso direcionamento de disponibilizar soluções que estejam conectadas com a melhora da experiência de pagamento dos nossos associados no dia-a-dia. Dessa forma, contribuímos com uma nova maneira de relacionamento com a vida financeira a partir de uma nova cultura de pagamentos, com mais segurança e praticidade”, afirma Gisele Rodrigues, superintendente de Soluções de Meios de Pagamento do Sicredi.
Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).


*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Fonte:DN Notícias com Thiago Evangelista de Souza Oliveira/Sicredi
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.