Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT




O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), está comprometido com a liberação da Arena Pantanal para a estreia do Cuiabá no Campeonato Brasileiro da Série B, dia 8 de agosto, contra o Brasil de Pelotas. De acordo com o secretário adjunto de Esportes e Lazer, Jefferson Carvalho Neves, o gestor estadual está disposto, inclusive, a conversar com a direção da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que não aceita liberar jogos em estádios que abrigam pacientes com o novo Coronavírus, como é o caso do estádio em Cuiabá usado como Centro de triagem Covid-19.
Adicionar legenda


“A Arena Pantanal está apta para jogos e à disposição do Cuiabá. O governador Mauro Mendes é parceiro do futebol e se comprometeu em ajudar a buscar a liberação do estádio na CBF. O trabalho é feito pela Federação Mato-grossense de Futebol, junto com o clube, mas o governo está à disposição para ajudar”, afirmou Jefferson, ao Só Notícias.

Jefferson explicou que o Centro de Triagem ocupa apenas o primeiro andar da ala Oeste do estádio e que está totalmente isolada da área de jogo, que inclui o campo e vestiários. Como exemplo da segurança do local, ele fica o funcionamento da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) nas dependências da arena e a entrega de alimentos e cobertores feita pela Assistência Social, duas atividades que contam com a intensa movimentação de pessoas.

“O Centro de Triagem não interfere no jogo. Foi pensado para ficar isolado. Inclusive, se houvesse liberação de público no estádio, teríamos capacidade para 25 mil torcedores respeitando o distanciamento social”, acrescentou o secretário adjunto.

A estreia do Cuiabá contra o Brasil de Pelotas está marcada para 8 de agosto às 20h, mas sem estádio definido na tabela. Com a indefinição da CBF, o Cuiabá já garantiu o empréstimo do estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis, como plano B.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: arquivo/assessoria)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.