Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Ministro Tarcísio Freitas assinou Ordem de Serviço para obra que vai proporcionar a ligação entre Ribeirão Cascalheira/MT e São Miguel do Araguaia/GO. Também foi autorizado o início das obras da Travessia Urbana de Formosa, na BR-020/GO

DNIT inicia construção de ponte entre Goiás e Mato Grosso ...O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou, nesta sexta-feira (24), a Ordem de Serviço (OS) para o início das obras de construção da ponte sobre o Rio Araguaia, na BR-080/GO, que vai ligar os estados de Goiás e do Mato Grosso. Localizada no distrito de Luiz Alves, em São Miguel do Araguaia/GO, a futura ponte representa mais uma etapa para implantação do corredor rodoviário da BR-242/080/MT/GO. Durante a transmissão, Freitas destacou os investimentos do Governo Federal no estado, "O Ministério vem realizando várias entregas no estado, e essas entregas só estão sendo possíveis porque nós temos contado com o apoio incondicional das bancadas federais. Apoio fundamental para o cenário da crise que se avizinha em 2019", enfatizou o ministro.

A ponte possibilita a integração de um importante corredor de escoamento de grãos produzidos na região do Araguaia. A ligação rodoviária entre os dois estados facilitará o acesso dos produtores mato-grossenses à Ferrovia Norte-Sul (FNS), principal via de escoamento do Centro-Oeste para os terminais portuários do país.

"A ponte sobre o Araguaia é o primeiro passo que estamos dando para ligar a região produtora do Araguaia à Ferrovia Norte-Sul, possibilitando escoar a carga de grãos do Centro-Oeste até os portos e trazendo um ganho logístico enorme a essa rota, que será um corredor fundamental para o desenvolvimento das economias de Goiás e de Mato Grosso", destacou o ministro Freitas, durante a assinatura do documento, em videoconferência com parlamentares dos dois estados.
A construção da ponte sobre o rio Araguaia e o encabeçamento da estrutura terão quatro quilômetros de extensão. O projeto não vai interferir no ciclo das cheias e terá altura de 20 metros para respeitar o tráfego de embarcações. O valor total do empreendimento está orçado em R$ 160 milhões.

TRAVESSIA URBANA - Na ocasião, o ministro da Infraestrutura também assinou a Ordem de Serviço para início das obras da Travessia Urbana de Formosa, na BR-020/GO. No segmento do km 0 ao km 12 (perímetro urbano de Formosa), serão iniciadas as obras de duplicação e de adequação da capacidade da pista, com a eliminação de pontos críticos, utilizando viadutos nas interseções de acesso à cidade. Além da duplicação serão construídas vias marginais para o ordenamento do trânsito da região, fazendo a separação do tráfego de longa distância com o urbano, evitando, assim, acidentes e a retenção de tráfego. Isso aumentará, também, a segurança e o conforto dos usuários que necessitam utilizar a rodovia.

O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, presente na solenidade, destacou o empenho da bancada de Goiás para a viabilização da execução das obras. "A atuação dos parlamentares foi fundamental. Essas obras favorecem o desenvolvimento econômico e social do estado e beneficiam outras regiões, como o Norte e o Nordeste do país, principalmente, no que se refere ao escoamento e o abastecimento do agronegócio", afirmou o diretor-geral do DNIT.

A construção da ponte sobre o rio Araguaia e a Travessia Urbana de Formosa atendem à necessidade crescente de transporte de pessoas e mercadorias na região, uma vez que a previsão do Volume Médio Diário (VMD) para 2021, em Formosa, é de 12.254 veículos por dia e a expectativa para 2025, em Luiz Alves, é de 5.611 veículos por dia.

*Com informações da Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.