Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, garantiu, ontem à tarde, ao governador Mauro Mendes que as obras da duplicação da BR-163 serão retomadas “o mais rápido possível”. A maior cobrança é para duplicar do Posto Gil (Médio Norte) até Sinop, cerca de 260 km, que tem tráfego diário de milhares de carretas, caminhões e automóveis.

O governador pediu prioridade para este trecho. “Em relação à BR-163, estamos firmes no compromisso de retomar o mais rápido possível. Estamos perto do desfecho. Com certeza no ano que vem já estaremos com as obras acontecendo”, disse respondeu Tarcisio.

“Falamos sobre a concessão e os problemas que temos enfrentado. O ministro mostrou o planejamento que o ministério tem para os próximos meses e, com isso, será possível resolver esse problema da duplicação de Cuiabá até Sinop. Acreditamos no trabalho do ministério, do ministro, e que o governo Jair Bolsonaro vai dar uma solução rápida para a conclusão dessa duplicação”, disse Mauro, otimista, ao sair do encontro.

Entidades têm intensificado as cobranças na concessionária que administra a rodovia para duplicar a 163 no Nortão. Na região Sul foram feitas obras duplicando da divisa com Mato Grosso do Sul até Juscimeira. A OAB tem feito estudo e gestões com demais entidades, a bancada federal do Estado no Congresso para que as obras aconteçam o quanto antes devido, também, ao grande índice de acidentes com mortes. A OAB acusa a concessionária de descumprimento contratual e está sendo analisado “documento técnico revela como a concessionária pretende retomar as obras de duplicação e melhorias na rodovia. O plano de cura incluirá um novo parceiro que dará aporte para a retomada das obras. Agora, ficará a cargo da ANTT avaliar a viabilidade do plano de cura ou se será necessária uma ‘relicitação’.

O governador também questionou sobre outras obras de interesse da população mato-grossense, como a BR-158, que há anos está “travada” por conta de um trecho que passaria dentro de reserva indígena, e também sobre as ferrovias. “O ministro confirmou para nós que vai sair pelo contorno, ou seja, por fora da reserva indígena, que é a forma mais rápida, efetiva e eficiente de dar continuidade nessa obra”, adiantou.

Mauro Mendes e Tarcisio também trataram das obras de pavimentação “da BR-242, da Ferrogrão, da Fico, da Ferronorte, que são assuntos importantes para o nosso estado que é um grande exportador e precisa de uma logística eficiente”, disse Mauro. O ministro adiantou que haverá boas novidades para Mato Grosso nesse âmbito. “A Fico (Ferrovia Centro -Oeste que deve ter ramal em Lucas do Rio Verde( vai se tornar uma realidade em contrato ainda este ano, e ano que vem a gente deve ter a obra já andando. Nessa sexta-feira (3) vamos entregar oito pontes na BR-242. Estamos animados com o que vem pela frente para o Estado de Mato Grosso, que demanda muita infraestrutura”, concluiu o ministro.

O coordenador da bancada federal, deputado Neri Geller, também acompanhou o governador, na audiência.

Ontem, eles estiveram reunidos com o ministro da Saúde tratando da destinação de medicamentos para atender pacientes hospitalizados com Covid-19 em Mato Grosso.

Só Notícias (foto: Ricardo Botelho)
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.