Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

Divulgação Um homem, de 31 anos, colocou sua vida em risco e a de policiais civis no final da manhã desta segunda-feira, dia 29, na cidade de Aripuanã, noroeste do estado, ao tentar abordar uma viatura descaracterizada da polícia civil. Os investigadores estavam realizando um trabalho de investigação, e quando iam estacionar o carro em frente ao portão de uma empresa, foram fechados por um motociclista, que desceu da moto e foi em direção ao motorista da viatura descaracterizada.

Ao perceber a ação do suspeito, imediatamente os policiais civis desceram do carro e se apresentaram como policiais e abordaram o motociclista realizando uma busca pessoal. Durante a revista, os investigadores encontraram em sua cintura um revólver calibre 38 com 05 munições intactas, o suspeito foi preso em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo.

Diego Gomes Rodrigues, 31, vulgo ‘Cawboy’, tentou justificar aos policiais que havia feito a investida na viatura descaracterizada devido ao fato do veículo ter passado várias vezes em frente sua oficina, e alegou estar sofrendo ameaças de morte juntamente com outras pessoas que se encontrava na oficina.     

Ao ser questionado sobre a posse de mais armas de fogo, posse de drogas e materiais ilícitos, o suspeito disse que havia em sua oficina um Rifle de pressão e uma munição calibre 38, em sua residência.           

Os policiais foram até a residência dele que fica no bairro cidade baixa, onde encontraram o Rifle com uma munição calibre 38 intacta e uma deflagrada.     

O suspeito foi preso e responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e munições de uso permitido.

Fonte: Juína News
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.