Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

 


O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) constatou que, em função da oferta restrita de animais de reposição em Mato Grosso, os preços dessas categorias não param de valorizar e, inclusive, bateram recordes nominais nos últimos meses. Em setembro, os preços do bezerro de ano aumentaram 3,76% em relação a agosto, enquanto os da bezerra aumentaram 7,59%n o mesmo período.


No comparativo anual, o incremento foi ainda mais expressivo, de 43,98% e 65,45%, respectivamente. Já para as outras categorias, as altas mensais foram de 4,22%para o boi magro, 8,25% para o bezerro desmama, 7,09% para a bezerra desmama e 11,67% para o tourinho, por exemplo.


“É válido pontuar que, em setembro, as negociações em leilões foram bastante aquecidas, o que ajudou a sustentar o cenário de alta. Para o recriador, apesar de esta conjuntura não ser tão favorável assim, os recentes acréscimos da arroba do boi gordo deram uma aliviada na relação de troca boi/bezerro. Em setembro o indicador foi de 1,93 cabeça/cabeça, alta mensal de 5,98%.


Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)

Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.