Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

 Batalhão Ambiental apreende armas, munições e descobre extração ilegal de madeira



Em uma fazenda no município Guiratinga(328 km de Cuiabá), precisamente no distrito de Paraíso do Leste, policiais da 2ª Companhia de Polícia Militar de Proteção Ambiental apreenderam três armas longas, sendo duas carabinas e uma espingarda de pressão, e dezenas de munições.

Além do armamento, a equipe de PM Ambiental localizou 180 lascas de madeira beneficiadas e árvores da espécie aroeira supostamente oriundas da extração ilegalmente. Em um depósito próximo a sede da fazenda havia 60 lascas.

Dentro da mata outras 120 lascas, dezenas de árvores inteiras e vestígios de derrubadas recentes. Também havia um barraco improvisado onde estavam armazenadas ferramentas como motosserras, machados, facões entre outras. Próximo estava um trator usado nas atividades de propriedade rural.

O homem que se identificou como funcionário, tratorista da fazenda, foi conduzido para a sede do Pelotão de Polícia Militar da cidade de Poxoréo para confecção do Boletim e Ocorrência(BO) e lavraturas dos autos de infração. O funcionário, as armas e os autos lavrados foram entregues na Delegacia de Polícia de Poxoréo.

A aroeira é uma espécie de madeira que tem o corte proibido em floresta primária desde 1991, conforme portaria 83-N do Ibama. A extração está restrita às áreas de cultivo e manejo florestal.

O proprietária da fazenda deverá responder por porte ilegal de armas de fogo (lei 10.826/03)) e crimes ambiental com base na lei 9.605/98.

Essa ação é parte da Operação Centurião, desencadeada mês passado em Cuiabá e interior. Esse reforço ao policiamento de rotina ocorre em áreas urbanas e rurais e emprega centenas de policiais dos batalhões especializados(Bope Rotam, Cavalaria, Meio Ambiente e Trânsito).
Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.