Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

 




O momento atual de atraso na semeadura da soja está sendo um fator relevante para a safra futura de milho em Mato Grosso, já que no mesmo período do ano passado a soja havia sido semeada em 81,60%, contra 54% da atual, e tem deixado produtores apreensivos.


São muitos os fatores que podem afetar o desempenho de uma cultura, em especial a janela ideal de plantio e as precipitações de chuva, que chamam a atenção do produtor para o melhor alcance nas produtividades. Assim, ao observar a evolução da semeadura nas safras de milho anteriores é visto que o atraso no plantio do cereal pode estar correlacionado com a produtividade. Exemplo disto é a safra 18/19, que iniciou o plantio dentro da janela ideal, e consequentemente apresentou um rendimento recorde de 110,9 saca/hectare em Mato Grosso, valor superior em relação às safras 2017/18 e 2019/20, com 99,55 saca/ha e 109,02 saca/hectare, que tiveram a semeadura mais tardia, respectivamente, analisa o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal do milho.



Só Notícias (foto: arquivo/Lucas Ninno/assessoria)


Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.