Bem-vindo(a). Hoje é Juruena - MT

 




As Unidades de Terapia Intensiva no período pós-pandemia só serão mantidas nos hospitais regionais e conveniados com o governo de Mato Grosso nas regiões com demandas de pacientes. A confirmação foi feita pelo governador Mauro Mendes (DEM), em entrevista, exclusiva, ao Só Notícias. “Não vamos fechar UTIs enquanto existir demanda. Agora, eu não posso gastar R$ 600 mil por mês, que é o que custa em média uma unidade, se em determinada cidade, que abrimos por conta da pandemia, não tiver demanda clara e objetiva. Não posso desperdiçar dinheiro público. Existindo a demanda nos vamos manter em Sinop e em outras regiões que abrimos unidades também”, afirmou Mendes.


Em seis meses, o governo do Estado ativou 300 novos leitos de Terapia Intensiva para tratamento aos pacientes com Covid em Mato Grosso. Atualmente, o percentual de ocupação na rede pública estadual está em 32,26%, ou seja, das 403 UTIs pactuadas, 273 estão livres para receber pacientes. Já considerando as enfermarias, a taxa está em 13%, com 764 das 876 disponíveis, atualmente.


Em Sinop, por exemplo, havia 10 unidades e Mauro mandou aumentar para 20. Dessas, apenas uma UTI está com paciente com Covid. Ou seja, a taxa de ocupação na unidade regional é de 5,26% — umas das menores no Estado. No início da pandemia chegou a 100%.


Em Nova Mutum, a taxa está em 50%. São 20 habilitadas e 10 estão vagas, atualmente. No Regional de Sorriso, há duas UTIs e todas ocupadas. Alta Floresta, no Hospital e Maternidade Santa Rita, uma das 10 habilitadas têm paciente internado (10%). No Hospital Regional de Peixoto de Azevedo a situação é a mesma. São 10 e uma está ocupada (10%).


Na Santa Casa, em Cuiabá a taxa de ocupação é de 25%. No São Benedito, 22,5%, no Hospital e Pronto Socorro Municipal 35%, no Universitário Júlio Muller, 43,75%. Em Várzea Grande, no Estadual Metropolitano, a taxa é de 18,57%.  No Regional, em Rondonópolis, as 10 UTIs todas ocupadas. Na Santa Casa, que conta com 20 UTIs, a taxa é de 55%. No Regional de Água Boa, são 10 leitos e oito estão sem pacientes (20%).


Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)


Marcadores: ,

Postar um comentário

O Portal DN Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.
Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.